E se não fosse ela?

Ontem assistindo a um debate sobre como a “grande mídia” impõem uma certa ditadura comercial sobre os meios de comunicação me veio a seguinte questão: A capa da revista Isto É do dia 01/04 e as manifestações em frente ao jornal Folha de São Paulo a respeito da matéria publicada no dia 17 de fevereiro dizendo que o período de governo militar no Brasil foi apenas uma “ditabranda”. Ora, qual foi a repercussão dessa manifestação? A imprensa brasileira, com raras e gratas exceções, vem prestando um desserviço ao povo. Quem acha que a punição de Eliana Tranchesi foi um abuso, se não a comunidade burguesa paulistana? E se fosse uma moradora da favela que tivesse cometido algum tipo de contravenção? Qual seria a postura da revista que se diz “Independente”? A censura ainda existe e é imposta de forma dura e covarde sobre os meios. Quem dá as regras e as cartas não é o bom senso ou a vontade de justiça e sim o capital banhado em lama que circula pelas bolsas de valores.

Isto É 01/04/09

Isto É 01/04/09

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: